Certificado Embratur Nº 26.005948.10.0001-4

TID'S - 96-3 3272 5
Cruzeiros

Muitas pessoas sonham em viajar de cruzeiro, porém adiam a realização desse sonho, muito em função do mito de que cruzar os mares num luxuoso navio é caro demais e algo acessível a poucas pessoas. Não é bem assim. Custa bem menos que se imagina e cada vez mais as pessoas estão descobrindo o excelente custo benefício em fazer um cruzeiro.

Caso opte por fazer uma viagem de cruzeiro ou iate, informe-se a respeito do que está incluído no preço. Fazem parte do programa acomodações, todas as refeições e a maior parte dos entretenimentos a bordo do navio. Por outro lado, estão excluídos da tarifa as excursões opcionais oferecidas nos portos de parada do navio, bebidas alcoólicas e refrigerantes de lata, fotografias, gorjetas, tratamentos de beleza e Spa, serviços médicos, gastos no cassino e outros itens que podem ser comprados a bordo.  

Boa parte dos navios trabalham com horários fixos para servir as refeições, muitas vezes com almoços e jantares divididos em 2 turnos distintos para acomodar todos os passageiros. Por isso, devem ser escolhidos no momento da reserva do programa. É comum, também, que os passageiros tenham que se sentar sempre nas mesmas mesas, ou que haja um código de vestimenta para cada ocasião. Procure se informar com seu agente sobre as características desses serviços, para não ser surpreendido ao chegar ao navio.

Alguns navios oferecem “Freestyle Cruising” (regras menos rígidas, horários mais flexíveis, menos formalidades e obrigações pré-estabelecidas).  Nos navios da Princess você pode optar pelo horário de refeição que melhor lhe convier, serviço exclusivo chamado “Personal Choise”.

É fundamental saber, também, que as rotas dos navios podem sofrer alterações no caso de garantir a segurança dos passageiros. São raros, porém, os casos em que as condições climáticas ou outros fatores que podem colocar a integridade física dos passageiros em risco. As alterações são possíveis em regiões que passam por situação de guerra. Vale se informar que não importa o valor pago pela cabine nem sua localização no navio, o passageiro pode usar todos os serviços e participar de todas as atividades a bordo. 

Regras  

As regras variam de acordo com a companhia de navio. Normalmente não existe restrição de peso e peças para bagagem, mas o viajante deve informar-se antes do embarque, pois em alguns cruzeiros pode haver limite de peso de até 90 kg. O passageiro deve lembrar-se, caso vá de avião até o local de partida do navio, que as empresas áreas podem cobrar excesso de bagagem seguindo as regras de limites de peso, tamanho e número de malas.  

Extravio ou dano  

Em caso de extravio ou dano de bagagem o passageiro deve comunicar a empresa por escrito, ainda no cais. A norma para estas situações também varia. Enquanto algumas companhias não se responsabilizam pelos prejuízos, outras pagam indenizações máximas de US$ 100 a US$ 300. Por isso, recomenda-se ao viajante que faça seguro de sua bagagem e artigos pessoais. As empresas não têm responsabilidade por objetos frágeis ou de valor, como dinheiro, jóias, documentos e equipamento (máquina fotográfica, filmadora, notebook), que devem ficar na mala de mão e sob os cuidados do passageiro. Os navios possuem cofres centrais ou individuais para que estes objetos possam ser guardados. Algumas companhias impõem um limite de valor para os bens a serem mantidos sob sua responsabilidade.  

É proibido  

Não é permitido transportar artigos perigosos como substâncias controladas, armas de fogo, explosivos, cilindros de ar comprimido e combustíveis.

Permondo Turismo.: Rua José Ferreira Guimarães, 174 Cep: 05615-130 São Paulo / SP Tel SP.:(55 11) 3722.0078 Tel Santos.:(55 13) 3029.3030